Espaço do Associado

Email:
Senha:



Associe-se e tenha vantagens!

Esqueci minha senha

Localizador Profissional

Nome:

Cidade:

Assinar Newsletter!

Notcias

Subjetivamente falando, o cabelo a moldura do rosto. O deslizar dos dedos em meios aos emaranhado de fios, que banham o nosso crnio, pode simbolizar a recordao de sentimentos prazerosos. No caso de Lia Geovana, paciente da Associao Peter Pan, a capacidade de utilizar as mos para tocar novamente nos prprios pelos e improvisar um penteado, conforme bel-prazer, significou mais que um cuidado esttico. Finalmente, a garota de oito anos renovou foras para continuar com uma autoestima praticamente inabalvel, essencial ao longo dos seis meses de tratamento contra o cncer. Eu gostei muito, vou at mostrar no meu canal do Youtube, orgulhou-se.
Depois da manh de ontem (5), outras dezenas de crianas - assim como Lia - saram da unidade com um novo visual e com um sorriso largamente estampado no rosto. O especialista em fios Luiz Crispim realizou a doao de cinquenta perucas de cabelos naturais para crianas que esto tratamento contra a doena. Esta a terceira vez que o paulista vem at o Cear, tendo realizado outras duas doaes de 20 e 30 perucas, em 2015 e 2016, respectivamente.
Luiz aponta que, ao chegar no Estado, as doaes j estavam sendo realizadas para a Associao, mas que no havia mo de obra para confeccionar, realizar os cortes e a finalizao dos acessrios. Ciente da necessidade, o profissional criou o projeto Confio. Ele aliou-se com outros profissionais do Cear e deu continuidade s aes. O mais importante disso tudo que o nosso trabalho a mo de obra, mas quem doou o cabelo foi o povo cearense, ressalta Luiz.
O trabalho da equipe feito de acordo com os conceitos de visagismo - ao chegar no local, a criana escolhe uma peruca. Aps essa fase, os profissionais analisam atravs de fotos como era o cabelo da pessoa antes da queda e produzida uma rplica, para que a pessoa contemplada se identifique.
A associao de drogas ministradas ao longo da quimioterapia acaba gerando a perda de cabelo em alguns pacientes. Esteticamente, uma das fases onde a doena evidenciada socialmente, alm de ser prejudicial na sade psicolgica do paciente. Apesar de no ter funo fisiolgica, o resgate de uma das caractersticas da pessoa exige bastante cuidado, para que o jovem sinta que, de fato, o cabelo est combinando. A criana quando se v com o cabelo tem a sua autoestima de volta. Toda criana gosta de passar a mo no cabelo. J comprovado que a autoestima durante o tratamento faz muito bem. Ns tivemos hoje aqui pela manh a doao de perucas de vrios tamanhos. Doar cabelo uma responsabilidade muito grande, afirma Luiz Crispim.
A me de Lia, Carma Amlia Sales, ressaltou que a ao animou de imediato a garota. Ela veio para a consulta e viu as amigas com o cabelo, a resolveu colocar tambm
 

Voltar